Análise: The Sims 4

Análise: The Sims 4

Um NPC pra chamar de seu! The Sims 4

The Sims 4 é o quarto título da franquia de jogos de simulação de vida The Sims, que chegou no último dia 17 de Novembro ao Xbox One e ao PS4. The Sims 4

O Universo analisou este incrível simulador desenvolvido pela Maxis, The Sims Studio, e publicado pela Electronic Arts. Descubra abaixo qual foi a nossa experiência. The Sims 4

O novo game da franquia de simulação de vida trás diversas novidades em relação ao seu antecessor. Agora existe um sistema de emoções que irá influenciar cada ação de seus Sims, também é possível cumprir várias funções de necessidades ao mesmo tempo, por exemplo, você pode comer enquanto assiste TV, suprindo a necessidade de se entreter e de se alimentar.

Emoções também são necessidades

Uma característica muito interessante dos jogos da franquia The Sims são as necessidades de seus Sims, eles precisam se socializar, comer, dormir, se divertir, tomar banho e ir ao banheiro quando necessário.

Você está no comando, mas não pense que seu Sim é bobo. Os Sims são inteligentes, tem vontades próprias que você pode atender ou não, mas vale lembrar que as vontades dos Sims e as atividades que você realiza com eles influenciam diretamente nas emoções deles.

The Sims 4

Jurandir estava confiante e decidiu preparar um banquete para todos

As emoções podem ser grandes aliadas ou inimigas, um sim inspirado irá realizar várias tarefas com um super desempenho e Sims estressados vão realizar tarefas com um desempenho pífio.

Há a opção de comprar poções que alteram o estado emocional do seu Sim dentro do jogo com uma moeda in-game que você ganha realizando os desejos de seus Sims ou mandando bem no seu trabalho e por falar em trabalho, temos aqui outro ponto interessante.

The Sims 4 apresenta uma diversidade de trabalhos para seus Sims, você pode ser desde um espião nível James Bond á um escritor famoso e bem sucedido, tudo irá depender de seus planos para seus Sims.

Cada Sim tem uma aspiração, que é o desejo profissional deles, ao criar um sim você pode selecionar a aspiração dele e adicionar características à personalidade dele. Assim, você irá poder seguir os passos de sua aspiração e se tornar o melhor em sua profissão.

The Sims 4

Por ser um simulador da ”vida” o game trás diversas possibilidades para o jogador, vamos supor que você quer ter um filho ou uma filha, mas não tem uma Sim pra ser mãe. Não tem problema, você pode adotar uma criança e se tornar responsável por ela.

Quer se divertir? Que tal passar uma noite em um clube com a galera? É aniversário de seu Sim?  Que tal uma festa de arromba na sua casa? Quer casar? Ótimo, vamos preparar a cerimônia.

Construir, reformar ou demolir?

A ferramenta de construção evoluiu bastante e agora oferece diversas possibilidades de construção, você pode passar horas construindo uma casa ou simplesmente comprar os cômodos prontos e fazer as alterações que quiser.

The Sims 4

Ferramenta de construção: Seleção de cômodos prontos

O modo de construção oferece diversas possibilidades de modificações como altura, tamanho, largura, profundidade, curvatura e por aí vai.

Muito além da vida

Assim como na vida real, os Sims também morrem no jogo, mas não vão embora até que você libere o espírito deles para o mundo das almas. Há todo um aparato místico no jogo que permite com que você traga de volta a vida um Sim morto, mas não vamos dar spoilers do que fazer para não estragar a graça de tudo, que está justamente em descobrir como tudo funciona.

The Sims 4

Morte da esposa de Jurandir

Os fantasmas também tem necessidades e volta e meia irão aparecer na sua casa, caso tenham falecido em seu lote, para comer, beber, assistir televisão, usar computador e te assombrar.

Você pode acabar com as aparições de uma alma de um Sim morto, libertando ele para o mundo dos mortos, para isso, basta clicar no túmulo do Sim morto e selecionar a opção ”Libertar Sim para…” e pronto! Você terá se livrado de um fantasma.

Adaptação e controles

O porte do game para os consoles ficou bom, mas não se iguala a qualidade e mobilidade que temos jogando de mouse e teclado. Navegar nos menus ás vezes se torna uma tarefa complicada e construir utilizando um controle pode ser uma dor de cabeça para os mais detalhistas.

Em termos gerais a adaptação dos controles é boa, mas deixa a desejar quando o assunto é precisão e rapidez de movimento.

E é claro que não podemos deixar de falar dos loadings que são longos na versão de console. É claro que a EA pode corrigir isso em uma atualização futura, mas é broxante entrar no jogo e ficar parado na tela de loading por muito tempo.

Além do loading de início, também existe um loading demorado quando você faz alguma viagem para locais como: academia, clube, museu e as demais locações do game.

Em termos gerais, mesmo com os problemas de loading nos consoles,  The Sims 4 é um excelente jogo que chega aos consoles de nova geração e é compra obrigatória para os amantes de simulação e da franquia.

The Sims 4 já está disponível na Microsoft Store por R$ 169,00, para PC através do Origin por R$74,95 e na Playstation®Store para PS4 por R$169,90.

The Sims 4

shares