Por que a Microsoft decidiu lançar o Xbox One X?

Por que a Microsoft decidiu lançar o Xbox One X?

Durante a E3 de 2016 o mundo pôde ver a tão aguardada versão slim do Xbox One, que por sinal é muito bonita, porém, o que mais chamou a atenção na apresentação da Microsoft foi o anuncio do projeto Scorpio (Xbox One X).

PORQUE OUTRO CONSOLE?

É claro que um anuncio desse tamanho empolgou toda a comunidade gamer e quando falamos em comunidade estamos falando de todos, independente de plataforma ou marca. Para nossa matéria vamos tomar como base o que Phil Spencer disse sobre o ‘Xbox One X‘:

” COMEÇAMOS ESTE PROJETO QUANDO DISSERAM QUE QUERIAM ALGO DE NÓS. QUERIAM PODER, QUERIAM COMUNIDADE, QUERIAM ESCOLHER.”

Para entender o que ele quis dizer com esta frase vamos voltar até 2013 no lançamento do Xbox One. O console chegou ao mercado em novembro de forma um tanto quanto ”desastrosa” para a Microsoft.

Críticas surgiam de todos os lados, mais o principal assunto da época eram os 720p (resolução) nos jogos. Mídias brasileiras e estrangeiras faziam comparações, o que já era de se esperar, PS4 vs Xbox One. Era fácil ver Youtubers, sites, páginas citando algo sobre resolução, até a Sony adotou uma estratégia de marketing em cima desse assunto.

Resumindo: Os problemas começaram a desaparecer quando Phil Spencer assumiu a divisão Xbox, até então, Phil, comandava apenas a Microsoft Studios e estava sempre a frente dos jogos da empresa.

QUERIAM PODER, QUERIAM COMUNIDADE, QUERIAM ESCOLHAS.

Quando ele disse: “Começaram a trabalhar no Xbox One X (ou projeto Scorpio) há 2 anos”, se refere ao ano de 2014, ano no qual, como já citado aqui, o console passou por severas críticas da mídia especializada.

Xbox One brasilO Xbox One é capaz de rodar jogos a 1080p a 60FPS isso já não é mais segredo, mas mesmo assim as pessoas insistiam em dizer que o console era fraco que elas preferiam a concorrência por conta de PODER.

Windows 10 :

A Microsoft ainda tinha uma carta na manga e essa carta era um projeto ambicioso que se chamava Windows 10. Com a proposta de unificar sistemas e aparelhos, o Windows 10 chegou ao mercado abalando paredes e rapidamente se tornou um sucesso, sucesso esse que também atingiu o Xbox One.

Enquanto o Windows 10 chegava ao mercado a equipe do Xbox não parava de trabalhar, em 1 ano eles conseguiram transformar o Xbox One em ‘outro’ console.

Retrocompatibilidade, EA Access, 4 jogos gratuitos na gold por mês além de diversas novas funcionalidades, o Xbox One ainda iria receber a atualização do Windows 10 que iria tornar o console mais rápido e eficiente além de trazer ainda mais funcionalidades ao mesmo.

A virada / Xbox One X

Todos duvidaram, mas a Microsoft conseguiu transformar o Xbox One no melhor console disponível no mercado, mas nem tudo são flores, a mídia continuava a bombardear a empresa com o assunto de resolução e foi então que na E3 de 2016 a Microsoft decidiu revelar que estava trabalhando em algo.. Algo poderoso, algo que iria revolucionar e eles estavam falando do Projeto Scorpio (Xbox One X) o console mais poderoso já criado.

Project Scorpio / Xbox One X

A Microsoft mostrou que ouviu a comunidade e respondeu com um simples ”VOCÊS ESCOLHEM”. Muita gente ainda não entendeu a proposta da empresa, muitos acham que o Xbox One será abandonado, mas o que eles não sabem é que a Microsoft está apenas dando-lhes a opção de escolha.

”SE VOCÊ QUER PODER DE VERDADE NÃO PRECISA IR PARA OUTRA PLATAFORMA, NÓS TEMOS O PODER , NÓS TEMOS O SCORPIO.”

O Xbox One X ou Project Scorpio foi apresentado para o público em 2017 e sem dúvidas foi um marco enorme não só para divisão Xbox mais também para o mundo dos consoles.

Phil Spencer foi enfático ao destacar que a proposta da Microsoft é ter uma plataforma Xbox, ou seja, que seja possível jogar além de gerações. Dessa forma, todos os acessórios e jogos lançados para Xbox One e Xbox One S serão completamente compatíveis com o One X .

E agora, qual o próximo passo? 

Em 2014 reclamavam de poder e a resposta da empresa foi, simplesmente , o console mais poderoso já criado. Em 2016/17 a reclamação foi sobre a falta de jogos exclusivos para Xbox e como já sabemos; Phill não brinca em serviço.

Podemos esperar uma grande E3 do Xbox em 2018.

shares